ICA

Data limite de candidatura 15 de Julho de 2023

156

Dias

12

Horas

40

Minutos

52

Segundos

2ª edição Integrated Care Award 2023

Introdução

Introdução Com a atribuição do Integrated Care Award (ICA), a PAFIC tem como objetivo reconhecer e promover a divulgação de projetos nacionais desenvolvidos e implementados na área da Integração de Cuidados, por organizações públicas, socias e privadas.

No âmbito deste prémio, assume-se como definição de Integração de Cuidados a proposta pela OMS: “Serviços de saúde que são prestados e geridos para garantir um continuum de promoção da saúde, prevenção da doença, diagnóstico, tratamento, gestão da doença, reabilitação e cuidados paliativos, coordenado através de diferentes tipos e níveis de cuidados, no âmbito do sector da saúde e na interceção com outros sectores, e guiado pelas necessidades ao longo do ciclo de vida da pessoa, ouvindo e discutindo as suas preferências” (WHO global strategies on integrated people-centred health services 2016-2026).

Objetivos Gerais

Objetivos Gerais O ICA, conferido pela PAFIC, conta com o patrocínio da atribuição do Lean Health Portugal.

Podem candidatar-se ao ICA, projetos nacionais desenvolvidos e implementados na área da Integração de Cuidados, por organizações públicas, socias ou privadas, isoladamente ou em parceria, oriundos de todo o território Continental e Arquipélagos da Madeira e Açores.

Objetivos Específicos

Objetivos O principal objetivo do ICA é reconhecer e apoiar projetos de Integração de Cuidados que estejam operacionalizados no terreno, com provas dadas que acrescentam valor na resposta às necessidades das pessoas.
Servir de motivação e incentivo a outras iniciativas das instituições ou dos profissionais, para que iniciem o caminho dos cuidados centrados nas pessoas.

1. Apresentação de Candidaturas

As candidaturas são formalizadas pela apresentação de uma descrição resumida do projeto, tendo em conta os objetivos e os eixos de intervenção.

As candidaturas são dirigidas à PAFIC e decorrem entre 01 de maio e 15 de Julho de 2023, através da plataforma eletrónica: www.ica-pafic.pt/;

Os elementos de candidatura incluem, obrigatoriamente:

  • Identificação do(s) autor(es): nome completo, profissão, contactos telefónico e eletrónico, instituição(ões) onde exerce(m) funções;
  • Identificação completa da(s) instituição(ões) na(s) qual/quais o projeto foi realizado e declaração do órgão dirigente ou similar que autorize a apresentação de candidatura ao ICA.
  • Apresentação do projeto em formato escrito (e.g., powerpoint, word), obedecendo à seguinte estrutura (máximo 2.000 caracteres):
    • Título do projeto;
    • Enquadramento;
    • Objetivo(s);
    • Metodologia de implementação;
    • Resultados;
    • Conclusões.
  • Apresentação do projeto em formato vídeo (duração máxima 5 minutos);

Cabe à Direção da PAFIC a verificação do cumprimento das condições do presente regulamento, comunicando aos candidatos a sua aceitação ou recusa, não passível de recurso, até ao dia 15 de julho de 2023.

O júri avalia as candidaturas submetidas e aceites até ao dia 8 de setembro de 2023.

Os 6 trabalhos finalistas serão apresentados no III ENIC a realizar em Lisboa no dia 23 de setembro de 2023.

2. JÚRI

O júri é composto por 5 (cinco) elementos com perfil profissional de reconhecido mérito na área da saúde integrando:

  • 1 (um) elemento representante da PAFIC, que preside o júri,
  • 3 (três) membros de reconhecida competência na área da saúde e
  • 1 (um) elemento representante das pessoas com doença.

Ao presidente do júri é-lhe atribuído voto de qualidade.

A Lean Health Portugal não faz parte integrante do júri, pelo que não participa na seleção ou atribuição do prémio.

O júri compromete-se a avaliar todas as candidaturas recebidas com o intuito de selecionar o(s) melhor(es) projeto(s), tendo em conta os critérios de avaliação.

A decisão do júri relativa às candidaturas selecionadas para a fase final é comunicada por via eletrónica aos candidatos até 11 de setembro de 2023.

O júri delibera por maioria qualificada de votos, não sendo passível de recurso.

O júri atribuirá o Prémio ao primeiro classificado, podendo proceder à atribuição de até duas Menções Honrosas aos candidatos não vencedores.

O júri reserva-se o direito de não atribuir qualquer prémio, caso a qualidade dos trabalhos a concurso assim o justifique.

Os membros do júri têm o dever de sigilo relativamente ao teor das deliberações e ao sentido de voto dos restantes membros.

3. CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO

Para efeitos de avaliação por parte do júri, são tidos em conta os seguintes critérios, com as respetivas ponderações, com um peso de 85% na avaliação final de cada candidatura:

  • Inovação na vertente de Integração de Cuidados= 30%;
  • Resultados obtidos e impacto para a melhoria da qualidade, acessibilidade e eficiência dos cuidados prestados =20%;
  • Replicabilidade em outras instituições = 25%;
  • Qualidade da apresentação da candidatura e estrutura do projeto = 10%.

Será ainda considerada uma componente de avaliação, via plataforma online, por parte do público, com um peso de 15% na avaliação final, com a publicitação dos vídeos de cada candidatura. A votação estará disponível ao público entre 15 de julho e 8 de setembro.

4. PRÉMIO

O valor do Prémio é definido anualmente pela PAFIC. O prémio a atribuir no ano de 2023 tem o valor total de 2.000 euros (dois mil euros) que impreterivelmente se destinam a formação/visita de estudo, a organizar com o apoio da Lean Health Portugal.


Regulamento

Prémio Integrated Care Award 2022

A UNIICA (Unidade Integrada de Insuficiência Cardíaca do Centro Hospitalar de Setúbal – CHS) nasceu em 2017, como resultado da vontade de responder a uma crescente pressão de doentes com insuficiência cardíaca (IC).



Durante a fase de fundamentação do projeto, identificou-se:

  • Um elevado número de doentes internados com diagnóstico de IC mas apenas alguns registrados com esse diagnóstico no ACES Arrábida.
  • Muitos desses doentes não possuíam Médico de Família atribuído e frequentavam excessivamente o SU (Serviço de Urgência).
  • Encaminhamento para o Centro Hospitalar para dois serviços diferentes (Medicina Interna e Cardiologia) sem articulação entre os mesmos.


Utilizando os dados referentes a 2016, constatou-se a existência de mais de 1800 internamentos respeitantes a 873 doentes. Destes, mais de 400 tiveram 3 ou mais admissões no SU e 262 tiveram mais de 10 episódios de urgência. Menos de 25% dos doentes ficaram com consulta de acompanhamento agendada.

A UNIICA resulta da articulação entre os cuidados de saúde primários do ACES Arrábida e os serviços de Medicina Interna e Cardiologia do CHS, com os seguintes objetivos:

  • Comunicar de forma articulada entre profissionais das diferentes áreas e especialidades.
  • Otimizar o tratamento, desenvolvendo um plano de cuidados individualizado.
  • Educar doentes e cuidadores, promovendo a adesão terapêutica e a deteção precoce de descompensações.
  • Privilegiar o Hospital de Dia como local de atendimento em caso de descompensações e administração de terapêutica.
  • Reduzir o número de doentes híper-frequentadores e as taxas de re-hospitalização.


No ACES, foram realizadas sessões de atualização em insuficiência cardíaca, fornecidos equipamentos point-of-care para a determinação de NTproBNP e criada uma linha de referenciação direta destinada a médicos e doentes, permitindo discutir diretamente com a equipa UNIICA referenciações, ajustes terapêuticos e descompensações, evitando o recurso ao serviço de urgência.

Dentro do CHS, foram utilizados recursos já existentes nos serviços de Medicina Interna e Cardiologia, permitindo um circuito comum e simplificado para o doente. No Hospital de Dia de Medicina Interna, é realizada a Consulta do Dia de IC, destinada a primeiras avaliações, titulações terapêuticas e avaliação de descompensações. Na Cardiologia, é realizada a Consulta de Grupo de IC, destinada a doentes em fase estável.

O grupo UNIICA tem vindo a crescer, contando agora com várias especialidades, nomeadamente Nefrologia, Pneumologia, Cuidados Paliativos, Psiquiatria e Psicologia Clínica. Realizam-se consultas periódicas de caráter multidisciplinar, visando abranger toda a complexidade do doente com IC.

No futuro, estão previstas novas intervenções no campo do doente geriátrico, do doente sarcopénico, o aumento do número de ensaios clínicos em curso e a formação de internos de formação específica.

Prémio Integrated Care Award

A UNIICA recebeu o Prémio Integrated Care Award - PAFIC em 2022. Esse prêmio reconheceu a UNIICA como um exemplo de modelo de aplicação da abordagem integrada ao doente com IC, de acordo com os seguintes moldes:

  • Um modelo de cuidado em saúde que considera o doente como um todo, abordando aspetos físicos, mentais, emocionais e sociais.
  • Uma abordagem que leva em consideração o histórico de saúde, a doença, o estilo de vida e as crenças e valores do doente.
  • Uma abordagem de trabalho com várias modalidades de intervenção, incluindo terapia farmacológica, educação sobre a doença, mudança de estilo de vida e abordagem psicossocial.
  • Uma abordagem destinada a promover a cura/tratamento, alívio dos sintomas e melhoria da qualidade de vida do doente, além de reduzir a ansiedade e prevenir doenças futuras.


Essa abordagem é cada vez mais valorizada na prática clínica atual, especialmente em doenças crónicas, onde o tratamento convencional muitas vezes não é suficiente para atender a todas as necessidades do doente. Também tivemos a oportunidade de visitar uma unidade internacional de Insuficiência Cardíaca, o que proporcionou a troca de experiências e o conhecimento de outras realidades relacionadas a esta patologia.

Com esse prêmio, conseguimos não apenas obter o reconhecimento da UNIICA dentro e fora do SNS (Serviço Nacional de Saúde), mas também estabelecer o nosso nome como um exemplo a ser seguido em termos de integração de cuidados e cooperação entre especialidades, visando a otimização dos cuidados e a centralização do doente no processo de diagnóstico e tratamento.

Ciclo PCDA

Inscrição

Preencha os dados da equipa

Declaração da Oraganização
Apresentação do Projeto